Hoje é

       
 

 

Home page Origem A Obra O Interior Mártir São Fiel O Relógio Senhoura do Sameiro

 

 

A ORIGEM

 

Fachada principal da Igreja de Louriçal do Campo (por volta do Ano de 1883)

Pouco se sabe sobre as origens desta Igreja, pois nenhum estudo monográfico foi feito até então, o que dificulta qualquer aspecto conclusivo. Apenas uma inscrição acima do pórtico que data do séc. XVI.

Como já referido em "A lenda das formigas", no decorrer dos séc. XV e XVI, toda a população residente no lugar dos Pardieiros, deslocou-se para o local onde hoje é Louriçal do Campo. Com eles, entre outras coisas, trouxeram pedras de granito já talhadas. Cronologicamente, o castigo dos assassinos de D. Inês de Castro foi em 1357, que ocorreu anteriormente à data de construção da Igreja, sendo provável que na altura esta povoação tivesse um local de culto, mas de dimensões modestas.

Sobre as origens da Igreja, nada é possível afirmar, porque não existe nenhum documento que faça referência à sua fundação, nem mesmo a quem a tenha mandado construir.

No entanto, sabe-se que foi mandada fazer por um Pedro, como consta na lápide da fachada principal, sendo a data da sua construção no ano de 1559.

Tudo indica que, no seu início, a Igreja Matriz fosse uma pequena capela enquadrada na construção de estilo romântico, feita de blocos de granito, pois existem várias referências que assim o indicam.

Em documentos datados ao séc. XVIII, a Igreja foi progressivamente ampliada, tanto em altura como em largura.

 

Livro de Estatutos da Irmandade das Almas (1ªfolha). Séc. XVII

Eis o testemunho mais antigo existente nos registos da Igreja Matriz de Louriçal do Campo. Documento que estabelece as regras que ainda hoje vigora a Irmandade das Almas.

 

Origem A Obra O Interior Mártir São Fiel O Relógio Senhoura do Sameiro