Hoje é

       
 

 

Home page Castelo Velho Lenda das Formigas Rua do Casalinho

 

 

RUA DO CASALINHO

 

À primeira vista, é mais uma de outras tantas artérias que compõem a aldeia de Louriçal do Campo, mas é nela que se esconde a sua origem.

 

Rua do Casalinho

A Rua do Casalinho tem todo o seu relevo histórico. Uma rua que, nos dias de hoje, está praticamente despovoada mas que outrora, teria sido uma das ruas com maior densidade populacional. Aqui estará a origem da aldeia, tal como é conhecida actualmente.

Pelo seu enquadramento histórico, no séc. XVI instalou-se ali o primeiro casal oriundo do Cabeço da Moura (os Pardieiros) pela sua fuga à praga das formigas. Outros vieram e, também ali se instalaram.

Pelas suas características geográficas, este lugar conferia uma segurança natural devido à sua proximidade com o rio Ocreza, mas também pelos seus solos férteis e água em abundância. Por essa razão, este local terá sido o escolhido para fomentar uma nova comunidade.

A Oeste, o rio Ocreza, e a Este, um pequeno ribeiro que tornava disponível a abundância de água desejada permitindo assim a construção de diques para armazenamento deste recurso. Os solos férteis, conjugados com a abundância de água, levaram à conquista de baldios que, uma vez cultivados, acabariam por ser o sustento da comunidade.

Por volta do séc. XVI, registou-se um fenómeno curioso. A morte de crianças de pequena idade era em larga escala. As águas armazenadas em diques passaram a ser uma ameaça à comunidade, pois eram o meio ideal para a procriação de insectos que, depois da sua “picadela” nas crianças, estas acabavam por morrer. Por via das ciscunstâncias, registaram-se várias tentativas de abandono do local, mas a comunidade resistiu e acabou por permanecer.

A prova mais evidente do povoamento deste lugar é a data da construção da Igreja Matriz de Louriçal do Campo: Ano de 1559 (séc. XVI).

Mais tarde, depois de controlada a peste negra, a comunidade tende em crescer, aumentando o seu diâmetro populacional. Não conhecendo as razões, constata-se que este crescimento evoluiu, inicialmente, na orientação Este e Norte deste lugar, estendendo-se mais tarde para Oeste.

Já no séc. XX, na década de 30, o Dr. José Ramos Preto terá tido também uma forte influência neste fenómeno de crescimento populacional. Sendo uma pessoa de bem, tal como era conhecido, facilitou o acesso à aquisição de terrenos circundantes de Louriçal do Campo a particulares para a construção de habitações. Uma das parcelas da parte Norte da aldeia é um desses exemplos.

 

Lugar do Casalinho

 

Castelo Velho Lenda das Formigas Rua do Casalinho